zum Inhalt springen

Dr. Cecilia Nuria Gil Mariño

Humboldt-Stipendiatin am PBI

 

Cecilia Nuria Gil Mariño nasceu em Buenos Aires, Argentina. Morou em Paris, França, e no Rio de Janeiro, Brasil, onde fez parte dos seus estudos de pós-graduação. É Doutora em História, Mestre em Estudos de Teatro e Cinema argentino e latino-americano pela Universidade de Buenos Aires e Pesquisadora Assistente do Conselho Nacional de Pesquisa Científica e Técnica (CONICET), Argentina. 
 
Atualmente, é bolsista de pós-doutorado da Fundação Alexander von Humboldt no Instituto Luso Brasileiro (PBI) da Universidade de Colônia com um projeto sobre cultura urbana, sexualidade e gêneros cinematográficos no cinema brasileiro entre 1960 e 1980. Para suas pesquisas de doutorado e pós-doutorado, tem obtido bolsas do Fundo Nacional das Artes e do CONICET na Argentina, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) no Brasil e do DAAD (Serviço alemão de intercâmbio académico) na Alemanha. Essas pesquisa abordaram as relações entre o cinema argentino e brasileiro no início do som e a figura do cineasta Carlos Hugo Christensen. 
 
É pesquisadora convidada do Instituto de Artes do Espetáculo da Universidade de Buenos Aires em vários projetos de cinema argentino clássico e comportamento dos públicos de cinema, Co-coordenadora do Laboratório de História Pública da Universidade Torcuato Di Tella, Co-diretora do Congresso de Cinema e Identidades (CICI) na Universidade de Oviedo, Espanha, Coordenadora da Comissão de Estudos Audiovisuais Brasileiros da AsAECA (Asociación Argentina de Estudios de Cine y Audiovisual) e faz parte do Comité Editorial de Imagofagia, uma das revistas sobre estudos de cinema mais reconhecidas da América Latina. 
 
É autora de El mercado del deseo. Tango, cine y cultura de masas en la Argentina de los '30 (Teseo, 2015) que ganhou o Segundo Prêmio do “Régimen de Fomento a la Producción Literaria Nacional y Estímulo a la Industria Editorial del Fondo Nacional de las Artes de la Argentina”, e Negocios de cine. Circuitos del entretenimiento, diplomacia cultural y Nación en los inicios del sonoro en Argentina y Brasil (Universidade Nacional de Quilmes, 2019) que recebeu o Primeiro Prêmio do “Concurso para la Publicación de Tesis de Doctorado del Departamento de Ciencias Sociales de la Universidad Nacional de Quilmes y la Asociación Argentina de Estudios de Cine y Audiovisual (AsAECA)”.
 
Além disso, combina seu trabalho académico e universitário com a gestão e a pratica artística. Tem trabalhado na Direção Geral de Indústrias Creativas do Governo da Cidade de Buenos Aires na área de música desenvolvendo projetos de gestão cultural, e como artista cênica recebeu bolsas, prêmios e residências por projetos tanto individuais quanto coletivos do Centro Cultural Recoleta, o Festival Internacional de Literatura de Buenos Aires (FILBA), o Festival Internacional de Teatro de Buenos Aires (FIBA) na Argentina, e da Escola de Artes Visuais do Parque Lage e da Fundação Nacional da Arte (FUNARTE) no Brasil. Em 2017, ganhou a bolsa da Bienal de Arte Joven para participar de Le Séminaire en Avignon do Festival de Avignon e da Fundação Pro Helvetia (França-Suíça) junto a 11 artistas cênicos de todo o mundo francófono.